Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



healing

26.09.17

 

Hoje soube-me incrivelmente bem ouvir esta música, enquanto andava pelo passeio, desafogada do trânsito que se apresentava à hora de ponta. Com o volume no ponto de impermeabilidade a qualquer ruído. Sem qualquer pressa para chegar.

 

Parece que há um sentido de liberdade, no meio de toda a confusão. Estava ali, livre, a apreciar o que restava da luz do sol. Cobria apenas os telhados das casas. O restante apresentava-se já na sombra do fim de tarde/início de noite.

 

Talvez pelo batimento da canção me remeter para o bater de um coração, talvez pela voz de tom desorientado, nem tanto por qualquer sentimento de pertença à letra, soube-me bem estar viva, precisamente ali, a sentir o vento a soprar-me contra o cabelo.

 

 

publicado às 23:55


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D