Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vox nihili

vox nihili

25
Abr17

noise

vox nihili

Estive a ler para ver se me inspirava. Quando ando menos triste noto que fico com menos vontade de escrever. Nem é falta de vontade... é mesmo falta de jeito. Que já por si não é extraordinário.
É impressionante como absorvemos a energia daquilo que lemos. O dia já convidava a uma certa melancolia, de facto... Absorvi a energia ou foi-me sugada a mesma? Fica a questão.
Não me apetece sair do sofá e já desisti de ouvir televisão. Costumo por norma apenas ouvi-la. Como se de uma presença se tratasse. Desliguei-a e restam-me agora os ruídos lá de fora.
Ouço carros, autocarros e aviões.
Olhei pela janela da varanda e a imagem parece condizer perfeitamente com os sons.
Sinto por aqui um sossego que me inquieta.
Os vidros acabaram agora de vibrar com a aceleração de um carro qualquer. E ouço galos a esta hora (?)
E portões que abrem e fecham.
A vida corre lá fora. E eu num pequeno mundo de inércia cá dentro. Mas tão perto de fora. Corre à mesma velocidade. Ainda que não pareça.
O que vou fazer hoje? E amanhã? E depois? - pergunto-me.
Afinal está tanto barulho cá dentro como lá fora.

2 comentários

Comentar post