Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vox nihili

vox nihili

28
Fev17

circunstâncias

vox nihili

b2f6c8fc5779f73d16bad7315e127234.jpg

Às vezes penso muito no futuro. Até demais. Chega até a prender-me, a isolar-me no presente espaço e tempo.
Ultimamente tenho-me perguntado se me irei tornar indisponível para os meus amigos e vice-versa. Não querendo generalizar, ao olharmos para os nossos pais, reparamos que os amigos deixaram de lhes ocupar tanto tempo.
Claro que, com outras responsabilidades a gastar-lhes o tempo, vejo que é justificável. Mas eu gostava que não fosse assim. Nem tem de ser, de todo. De certeza que haverão sempre dias especiais para irmos pondo a vida em conta!
Mas lá está, talvez veja as coisas desta forma agora, pela esperança derivada da idade.
Parece que tenho quase como uma urgência em saber como vou estar no futuro. Com quem vou poder ainda estar e até como vou ser, porque nos vamos moldando e adaptando, conforme tudo aquilo por que passamos.
Sei que não quero ficar indiferente ou ruim. Ou mecânica e apática.
Nem muito menos quero que as ditas circunstâncias da vida - ou o peso delas - me arranquem amigos.
Mas who knows?
A ver vamos.

1 comentário

Comentar post